Sono no Volante o que Fazer para Evitar os Perigosos Cochilos ao Dirigir

sono ao volante dirigindo

Cerca de 30% dos acidentes de trânsito no Brasil tem como causa o cochilo ao volante devido as noites mal dormidas.

O cérebro, quando privado do sono, responde de forma muito lenta aos estímulos que requerem atenção, raciocínio, concentração e reflexos.

A fadiga é uma das principais causas de acidentes de trânsito no mundo

Segundo dados da associação de segurança no trânsito – National Traffic Safety Administration, cerca de 100 mil acidentes são causados anualmente nos Estados Unidos por pessoas que cochilaram ao volante.

Desses, 1500 resultaram em mortes.

Durante o período de carnaval o número de veículos nas estradas e rodovias aumenta significativamente.

A imprudência, falta de atenção e o cansaço podem colocar em risco a vida de muitos motoristas, passageiros e inocentes.

Por isso, é necessário que o motorista tome alguns cuidados para a volta do carnaval em segurança.

Confira a lista com os cuidados para evitar o sono e outros riscos que devem ser evitados ao dirigir:

1. Antes de dirigir faça refeições leves, preferindo legumes, verduras e frutas. Evite as frituras, refrigerantes e condimentos, pois podem provocar desconforto abdominal, flatulência, torpor e sonolência;

2. Mais importante que dormir 8 horas por noite é a qualidade dessas horas dormidas antes do início da sua viagem. Lembre-se que fadiga e sono são fatores que aumentam significativamente o risco do acidente;

Para reforçar Assista ao vídeo sobre os perigos de dirigir com sono

3. A viagem deve ser iniciada pela manhã, logo após o acordar e nunca à noite após trabalho. Sempre que possível viaje com acompanhante, o risco de acidentes é menor;

4. É recomendável que após 3 horas de direção haja uma parada de 15 minutos para descansar. Não é indicado que se dirija por mais de 6 horas seguidas por dia, pois a chance de cochilar aumenta;

5. Conduza apenas o número máximo de pessoas permitido para o seu veículo. O excesso de peso poderá ser causa de acidente;

6. Cuidado com os animais de estimação soltos dentro do veículo. A movimentação do animal pode tirar a atenção do motorista;

7. Cigarro e telefone celular: são hábitos inadequados durante a direção veicular. O cigarro gera problemas respiratórios para os passageiros. A brasa do mesmo ao cair sobre o motorista, poderá ocasionar acidentes. O telefone celular também tira a atenção e diminui os reflexos;

8. A inspeção do veículo é obrigatória antes e durante a viagem. O motor, pneus, suspensão, freios, lanternas, faróis, entre outros devem estar em perfeitas condições;

9. Pressa: Quem dirige de férias não pode ter pressa. A pressa é fator indutor de sinistro. Se notar que isto está acontecendo com você, pare, ande, faça alongamentos, respire e acalme – se. É muito comum essa pressa surgir quando se está perto do destino. Deixe os passageiros reclamarem, o importante é todos chegarem bem;

10. Com o calor intenso do verão pode surgir além do desconforto, sinais e sintomas como pressão baixa, tonturas, palidez, sudorese, insolação, convulsão. Por isso, hidrate-se bem. Beba bastante água e use roupas leves.